Vive la France

Já estou de volta e por um ótimo motivo: post recheado de dicas!!

Afinal, hoje é mais um dia especial, principalmente para os simpatizantes, admiradores e amantes da cultura francesa! Vocês sabem qual é?!

Waaa-laaah!!! Acertou quem disse “le 14 juillet” ou “Fête Nationale”

Um pouquinho de história para quem, assim como eu, adora saber os porquês e nunca cansa quando é para aprender sobre cultura:

A grande maioria das pessoas sabe que o dia 14 de julho é o feriado mais importante da França, e mais, ainda sabe que é a comemoração da queda da bastilha! Mas afinal, vocês sabem o que é a bastilha!?

Pois bem! Arquitetonicamente, a bastilha foi construída durante a Guerra dos Cem Anos como um pórtico de entrada do bairo de Saint-Antoine (sim, no mesmo local onde hj é a Place de la Bastille)(era um edifício grande, retangular, com 8 torres e dimensões de 68mx27mx24m de altura) e serviu posteriormente como fortaleza para defender o rive gauche de Paris (lado de Paris à esquerda do rio Sena ).

Depois disso, lá nos tempos áureos da sociedade real francesa, séc 18, tinha-se aquela divisão social: Clero, Nobreza, Povo e um rei absoluto! Quem se opusesse a este rei tinha decretada sua prisão na bastilha! E assim foi por alguns anos!

Ela então virou símbolo de poder real, além de ser um depósito de munições!

Com o aumento representacional do Povo na política, houve, em 1788, a extinção da censura e da tortura. Por esse motivo, durante o período de Assembléia Nacional Constituinte, em 14 de julho de 1789, um jornalista soltou rumores de que as tropas reais iriam desencadear uma repressão sangrenta sobre o povo. Com isso, o povo se uniu (invadiu o hôtel des invalides, onde haviam armas guardadas) e seguiram para a bastilha.

Os guardas, pegos de surpresa, não conseguiram conter o povo, que assaltou a bastilha, se muniu, libertou os presos e depois incendiou a construção!

E foi aí que aprovou-se a “Declaração dos direitos do Homem e do Cidadão” representados pelo lema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”‘

Esta é a Place de la Bastille atualmente

E esta sou eu lá!! Eeeee...

Viu só?! Meu blog também é cultura!! hahaha… (Lú, se eu tiver falado alguma besteira, me corrige, ok?! Pq eu aprendo o que me dizem, mas vc sabe as verdades, hahaha)

E por falar em cultura, hoje estou aqui para dar dicas culturais francesas para que todos possam comemorar “como franceses” esse dia tão importante para eles!!

E para começar, a cultura que todos adoram: comida!! hahaha…

Começou na segunda, mas ainda dá tempo de aproveitar! Cada dia um restaurante estará com um Menu especial em comemoração à data!

Hoje é dia de Café Babette, que fica na R. Prudente de Moraes, 1101, junto com a Aliança Francesa. Vai estar servindo (somente no almoço) Confit de Canard por R$37. Mais informações AQUI

Amanhã é dia de ir no Hotel Bourbon, que fica na R. Cândido Lopes, 102. Vai estar servindo (apenas jantar) Tounedos en sauce au vin rouge por R$68 + 10%. Mais informações AQUI

Dia 16 é dia de Delices de France, que fica na Av. Sete de Setembro, 6130.Vai estar servindo Coq au vin e entrecôte au poivre no almoço; e confit de canard magret e foie gras no jantar. Preços R$ 19,90 no almoço e R$ 39,90 no jantar. Mais informações AQUI

Dia 17 é dia de Le Parigot, que fica na Al. Pres. Tauney, 70. Vai servir cassoulet, coq au vin e quiche lorraine num buffet por R$ 29,90/kilo (somente no almoço). Mais informações AQUI

E, fechando a semana, no domingo dia 18 é a vez de Bar do Victor, que fica na R. Lívio Moreira, 284. Vai estar servindo (somente no almoço) Linguado da Mamma. R$65,00 para duas pessoas. Mais informações AQUI

E, que tal, antes ou depois de comer, pegar um cineminha??

A grana tá curta, mas mesmo assim você quer curtir à la francaise??

Não importa, é só ir para a cozinha e arriscar-se no clássico, facílimo e delicioso CROQUE MONSIEUR! (que nada mais é que um misto quente com molho bechamel e ovo, hummm)

Receitinha para 2 pessoas:
Para o molho bechamel, vc vai precisar de (tem duas maneiras de prepará-lo, uma mais prática com creme de leite, outra que é a correta, com farinha de trigo e leite):
– 3 colheres (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de farinha
– 1/2 L de leite morno
noz-moscada moída

– sal  e pimenta

Tudo em fogo baixo: derreta a manteiga e depois acrescente aos poucos a farinha até dourar de leve. Acrescente o leite tbm aos poucos e mexa até engrossar. Adicione os temperos e está pronto.

Para preparar o Croque:
– 4 fatias de pão de forma
– 50 g de manteiga à temperatura ambiente
– 4 fatias finas de queijo gruyère, 2 delas raladas
2 fatias finas de presunto magro
1 ovo

Passo 1 – Aqueça o forno.
Passo 2 – Misture o ovo e metade do queijo ralado ao molho bechamel que vc fez e reserve.
Passo 3 – Pincele a manteiga em 2 fatias de pães e coloque-os em um forma.
Passo 4 – Sobre estes pães, coloque uma camada do molho que vc reservou, o presunto e o queijo fatiados.
Passo 5 – Tampe os pães e adicione o restante do molho sobre os sanduíches e, em seguida o restante do queijo ralado.

Fonte: jornale.com.br

Passo 6 – Leve ao forno até dourar.
Passo 7 – Corte na diagonal e sirva ainda quente acompanhado de um vinho francês, hahaha!
Voilà!

E para acompanhar, dê uma passadinha na locadora e pegue um bom filme francês!

A minha dica são dois filminhos franceses obrigatórios de se assistir (calma, calma, são coisinhas mais contemporâneas que nouvelle vague e jean-luc godard, ok?!):

“Paris, Je t’aime” – que é uma coletânea de pequenas histórias sobre o dia-a-dia da capital francesa

E o clássico “Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain”
E, caso você esteja sozinha e seja uma amante da moda, assim como eu, vale a pena conferir a atuação fantástica da Audrey Tautou em “Coco Avant Chanel”

Espero que gostem e aproveitem alguma das dicas!

Ah! E não esqueçam de me contar! Adoro ficar sabendo =D

Caso alguém tenha alguma coisa legal a acrescentar, fiquem à vontade! Também adoro!

beijinhos e até amanhã!😉
Vi

22 comentários

Filed under Agenda Cultural, Especiais, La Recette

22 responses to “Vive la France

  1. Oi Vi!!!!
    Acordei cedo para postar antes de ir dar aula (aliás…a nossa troca de figurinhas…)e adorei o teu post! Não preciso dizer que adoro a França!
    Eu tentei pesquisar sobre a semana da gastronomia e não tinha achado mais informações…fica até difícil escolher…mas acho que fico com o cassoulet!!! hahaha.
    E sobre os filmes…filme francês é meu vício…Eu tenho um monte em casa…mas como tenho que dar aula daqui 10 minutos só vou dizer uns que vc tem que ver pois são 10! Tem um que está no cinema…Vc (e quem ler aqui…) tem que ir ver…é o “O pequeno Nicolau” (Le petit Nicolas) é muito chou… e tem dois que podem ser locados na cartoon que são suuuuper engraçados: “Contratado para Amar” e “Amar não tem preço”. Os dois são com um dos meus atores preferidos, o Gad Elmaleh. Ah tem o “LOL” também…é um romancesinho adolescente…eu adoro! hahaha
    BEIJOS!!!! Et Vive la France!

  2. Carol K

    Meu Deeeeeeeeeos, fome absurda depois de ler essa receita… ai, preciiiiso… haha.

  3. Bernardo

    C’EST PAS GRAVE!

  4. Guta

    Vi! Amo seu blog! Sério mesmo, cada vez que entro aqui me surpreendo! Adorei esse sobre a França! E adorei a receitinha! hehe
    Beijos

  5. Pingback: Tweets that mention Vive la France « Virgínia Guimarães -- Topsy.com

  6. Isa

    Vi, esse teu espaço está ficando cada vez mais genial!!! Impossivel nao ver as atualizaçoes!
    Vamos comer quiche lorraine para comemorar! hehehehhehe
    beijossss

  7. Ai que legal Vi! Hj o assunto da aula de francês foi sobre a fête nationale na frança!! Eeeee…
    Muito legal vc ter postado aqui! Essa receita deu água na boca! Vou tentar fazer hummmm…
    Bjs

  8. Mel

    Vi achei o maximo o post de hoje, também sou uma apaixonada pela França.

    E a receita deu agua na boca, uma boa pedida para um dia frio, e parece ser delicioso!!!

  9. Lú Chueire

    Vi…
    Bom, mesmo sem saber, hoje almocei em um bom restaurante francês. Para quem não conhece o Bistrô D. Louis, na schiller (no jardim ambiental, no alto da XV), fica a dica! Comida ótima à preços realmente justos… e o Chef, D. Louis, é um fofo!!

    Quanto a parte histórico/ cultural do blog, está aprovadíssima, de forma sucinta e direta! Mto bem, prestou bastante atenção nas aulas! hahahah.

    Beijos e até mais.

  10. Carol Agááá

    Caprichouuuuuu no post Frances!!!! Como era de se esperar!! lol
    Testarei a receita e depois volto pra te contar!
    Bjo, Ruiva!

  11. Paula

    Oi Vi!!!!!
    tou fazendo o croque agora mesmo!!!
    e como nao tinha exatamente os mesmos ingredientes dei uma improvisada!!
    Ficou um Croque Light Monsieur. Fiz com Pao de forma light, queijo mussarela light e peito de peru light ehehe, o bechamel com leite desnatado ehehe…. Só a manteiga que nao teve jeito!
    Agora ta no forno, mas depois venho te contar se ficou parecido ou nao!!! La no Frans café tem um q é uma delicia!!! Bem parecido com os da França!!!
    beijossssssssssssssssssssssss

    • Aahhh! Adoreei!! Venha me contar se deu certo, assim todos saberão se podemos fazer a versão “light” e ter um resultado delicioso tbm!! Obaaa!

      • Hahahaha… encontrei a Paula no shopping e ela já me contou que não deu nada certo querer trocar o gruyère por mussarela!
        E eu argumentei: “tem que ser bem gordo mesmo pra ficar gostoso” hahaha, fazer o que, né?!

  12. Paula

    Pois é ehehe. nao chegou a ficar incomível, mas esta longe de parecer um croque monsieur ehehe eu chamaria de misto com molho branco…
    Hj vou fazer novamente, mas ser fiel a receita ehehe!! vamos ver no qq da!!!
    Beijosss

Comente aqui!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s